;

terça-feira, 21 de agosto de 2012

A Guerra de Marineford

Eu não tenho certeza, mas acredito que a saga de One Piece que eu mais gostei foi a da Guerra de Marineford. Por isso criei esta postagem especialmente para a maior guerra que já aconteceu em One Piece.

Os textos são bem grandes, então vou evitar explicar sobre os personagens e seus poderes. Para saber sobre as Akuma no Mi, veja: Logia (como Mera Mera no Mi e Magu Magu no Mi), Zoan (Tori Tori no Mi - Modelo Fênix) e Paramecia (como Gura Gura no Mi).

Eu montei esta imagem para facilitar o reconhecimento de quem não sabe bem o nome dos personagens ou seu lado na luta:


Antes da Guerra:

Marshall D. Teach era um membro dos Piratas do Barba Branca, mas, para conseguir uma Akuma no Mi, ele mata seu parceiro, Satch. Matar um parceiro é o maior pecado dentro dos Piratas do Barba Branca e por isso Teach foge. Portgas D. Ace resolve caçá-lo para fazer com que ele pague pelo seus crimes.
Enfim Ace encontra Teach, agora conhecido como Barba Negra. Mas a fruta que ele roubara era muito forte e Ace não foi páreo para ele. Como parte de seu plano, Teach envia Ace como prisioneiro à Marinha, e se torna uma Shichibukai. A prisão de Ace foi como uma declaração de guerra da Marinha contra Barba Branca.
Enquanto isso, Luffy foi separado de seu bando por Bartholomew Kuma e foi parar em Amazon Lily, uma ilha em que só há mulheres. Luffy só sobreviveu porque Boa Hancock, imperatriz da ilha, se apaixonou por ele. Hancock é chamada, assim como os demais Shichibukais, para fazer a guarda durante a execução de Ace, já prevendo que Barba Branca apareceria para salvar seu aliado. Então Luffy, irmão de consideração de Ace, resolve ir junto e Hancock dá um jeito de escondê-lo.
Luffy foi para Impel Down, onde Ace estava preso antes da execução. Ele, sem querer, inicia uma rebelião de liberta muitos prisioneiros, alguns deles conhecidos como Buggy, Crocodile, Mr. 1, Mr. 2, Mr. 3. Ele chega ao andar 5.5 de Impel Down. Este andar secreto é onde vivem escondidos os okamas (homossexuais). Lá ele conhece Emporio Ivankov e Inazuma, ambos Revolucionários, que aceitam ajudar Luffy por ele ser filho do líder revolucionário Monkey D. Dragon.
Eles partem para o último andar, porém Ace não está mais lá. Um outro prisioneiro, o shichibukai Jinbei, avisa que ele já foi levado para Marineford, onde será executado. Luffy solta Jinbei para ajudá-lo. Mas eles ainda tem que enfrentar muitos inimigos. Entre eles estão o diretor da prisão, Magellan, e o vice-diretor, Hannybal. E ainda por cima os estranhos guardas animais da prisão, assim como aberrações. 
Mas após muita luta eles conseguem escapar. Então, este time maluco e inesperado (Luffy, Ivankov, Inazuma, Jinbei, Crocodile, Buggy, Mr. 1, Mr. 3 e mais centenas de bandidos perigosos que foram libertados) partem para Marineford. Mr. 3 fica na prisão para poder abrir o portão e deixar seus amigos escaparem.
Teach também invade Impel Down e leva consigo os prisioneiros mais perigosos do mundo.

Em Marineford:

Ace está sobre um cadafalso (aqueles palcos para execuções), com seus carrascos ao lado.



Circundando o cadafalso estão os vice-almirantes. Alguns Shichibukais (Hancock, Gecko Moriah, Dracule Mihawk, Bartholomew Kuma, Donquixote Doflamingo) também estão perto, com exceção de Teach e Jinbei. 



Olhando tudo estão os Três Almirantes (Kizaru, Akainu e Aokiji) sentados em seus tronos. 



E o Almirante de Frota Sengoku também observa tudo, esperando por Barba Branca, que mesmo sem dizer nada, com certeza aparecerá. 
Então Sengoku começa a falar para os soldados presentes e para os Den Den Mushi especiais que estão transmitindo tudo para o mundo inteiro. Ele revela coisas surpreendentes, como Ace ser filho de Gol D. Roger (o Rei dos Piratas) e sua mãe ser Portgas D. Rouge.

Início da Guerra:

Como todos esperavam, surge o navio submarino de Barba Branca, o Moby Dick. Barba Branca aparece e diz que irá salvar Ace.



Então a ilha começa a tremer e Sengoku alerta dizendo que aquele é o poder da Gura Gura no Mi de Barba Branca, a fruta com o poder de destruir o mundo inteiro. Após tsunamis, surge a frota de 43 navios de Barba Branca.
Todos os comandantes do Barba Branca estão ali prontos para uma guerra. O tsunami avança contra a base, deixando todos assustados.



Doflamingo, até então entediado, fica alegre e grita que a guerra começou. Akainu percebe que Aokiji não está mais em seu trono.
Aokiji congela o tsunami com seu poder, a logia Hie Hie no Mi.
Com o oceano congelado, os navios não conseguem se mover. Mihawk é mais apressado e quer ver o quanto Barba Branca é forte. Ele parte para o Moby Dick e o ataca, mas Jozu (com o corpo de diamante) intercepta seu ataque. Kizaru também sai de seu trono e começa a disparar laser contra Barba Branca. Mas os lasers são bloqueados por Marco que surge em chamas azuis da sua zoan mística Tori Tori no Mi - Modelo Fênix.
Kizaru ordena que o Esquadrão de Gigantes ataque. Jozu ergue um iceberg enorme, 20 vezes maior que qualquer gigante e o joga.



Então Akainu, bem calmo faz seu primeiro movimento, soltando uma colossal mão feita de lava (usando a Magu Magu no Mi) e despedaçando o iceberg. Pedaços de gelo e magma caem, destruindo um navio. Akainu diz que está acendendo a vela do funeral de Barba Branca.
Barba Branca libera Oz Jr., um super-gigante muito poderoso descendente de Oz (que na Saga de Thiller Bark ele deu muito trabalho ao Bando do Chapéu de Palha). Ele começa a derrotar os marinheiros, abrindo um caminho para o cadafalso.
Oz Jr. é um grande amigo de Ace e começa a avançar, implorando para que Barba Branca deixe-o salvá-lo, embora Ace grite para que ele recue.
A Marinha se move para derrotar Oz Jr., mas Hancock derrota os marinheiros, surpreendendo a muitos por sua traição. Eles a questionam, e ela afirma que concordou em entrar na batalha, mas não disse que seria do lado da Marinha (passei a achá-la incrível quando ela soltou esta frase!)



Kuma ataca Oz Jr. com os poderes da Nikyu Nikyu no Mi, ferindo-o gravemente. Ace grita para que ele pare, mas Oz Jr. insiste em continuar, relembrando de algum tempo atrás o tempo que Ace e ele se divertiam juntos e eram muito amigos. Em meio a tiros de canhão, ataques de Kuma, Moriah e Doflamingo, Oz Jr. cai, tentando tocar Ace, que chorava, mas não consegue.



Barba Branca grita aos seus piratas para usarem o corpo caído de Oz Jr. como uma ponte para chegarem a Ace.
Coby, velho amigo de Luffy, que também estava na batalha começa a fugir. Helmeppo o para e pergunta porque ele foge. Coby explica que tudo está errado, que a Marinha está sendo má e que os piratas bons e isso o deixa confuso. Ele diz ainda que é óbvio que a justiça irá ganhar, porque quem ganhar a guerra se tornará a justiça (me tornei fã do Coby quando ele disse isso!)
Então, uma das comandantes de Barba Branca, Whitey Bey, usa seu navio quebra-gelo para penetrar mais ainda em Marineford. 



Garp, o avô de Luffy, salta para o cadafalso para evitar que libertem Ace. Ele está em sérias dúvidas, já que considera Ace da família, mas sabe que ele é um pirata.
Fora de Marineford, o barco onde o grupo de Luffy está é pego pelo tsunami congelado criado por Barba Branca e Aokiji. Luffy diz que eles precisam se apressar e Ivankov usa seu ataque de impulso, jogando eles para o alto e são arremessados para o meio do campo de batalha. Todos ficam espantados ao ver o barco cair do céu, e então Luffy e os prisioneiros de Impel Down surgem, deixando os demais mais surpresos ainda.



Jinbei salva os usuários de Akuma no Mi que caíram na água (já que eles não podem nadar), entre os destroços do barco. Garp fica furioso por Luffy se meter nesta situação perigoso, e Sengoku explode ainda mais de raiva. Aokiji diz que Luffy trouxe aliados complicados.
Jinbei alerta a Sengoku que renunciou ao cargo de Shichibukai.



Ivankov nota que Crocodile não está mais com eles. Então todos percebem que Crocodile estava atrás de Barba Branca, prestes a atacá-los com seu gancho. 



Mas Luffy, no Gear Second, o barra. Barba Branca pergunta porque Luffy o salvou, e ele responde que porque ele era uma pessoa importante para Ace. Barba Branca reconhece o chapéu de palha em Luffy e pergunta como o conseguiu. Ele responde que Shanks o emprestou. E então Barba Branca lembra que quando encontrou Shanks sem um braço e sem seu chapéu e perguntou o motivo, Shanks lhe respondeu que havia "apostado na Nova Era". Luffy grita que será o Rei dos Piratas e que salvará Ace, deixando todos ali espantados. Luffy diz a Barba Branca que escutou no barco, através de uma falha no sinal de comunicação, que a Marinha pretendia executar Ace antes do previsto. Então os dois fazem uma aliança e partem para a batalha.
Ivankov livra Luffy de um ataque de Kuma, e fica surpreso, pois ele também era um revolucionário e agora estava do lado da Marinha.



Hina tenta capturar Luffy, mas ele escapa. Moriah pega a sombra de vários piratas e até marinheiros, invoca vários zumbis e coloca as sombras neles.



Ace grita para que Luffy pare e se salve, mas ele insiste. Sengoku então diz a todos que Luffy é filho do líder dos Revolucionários, Monkey D. Dragon. É aí que todos entram em choque, mas a guerra continua. Moriah vê Jinbei derrotar todos os seus zumbis e então pega as sombras de volta, junto com a de vários marinheiros, e engole todas, ficando gigante. Mesmo assim Jinbei consegue nocauteá-lo com um soco.



Smoker tenta parar Luffy, que avança ainda mais em direção a Ace. E Smoker consegue, já que seu jitte tem kairouseki e Luffy fica fraco. Mas Hancock aparece e acerta Smoker usando Haki, livrando Luffy. Luffy agradece e Hancock se sente mais apaixonada ainda.
No outro lado da batalha, Doflamingo explica para Ivankov que Kuma não é mais o mesmo, e que agora ele é um ciborgue sem memória.
Hancock entrega a Luffy as chaves para as algemas de Ace. Luffy a abraça e diz que adora ela, deixando Hancock praticamente inconsciente de tanta felicidade e amor, e se perguntando se o abraço era um casamento.
Crocodile e Mr. 1 lutavam lado a lado contra vários marinheiros e piratas, sem olhar quem atingiam. Luffy continua correndo, mas é parado novamente, desta vez por Dracule Mihawk. Luffy entende que está diante de um de seus piores inimigos, já que seu corpo de borracha é fraco contra cortes de espada.



Então Luffy foge, mas Mihawk usa seus "Olhos de Falcão" e o localiza em meio a uma multidão, e ainda assim ataca. Mas Vista surge e para o ataque, começando a enfrentar Mihawk.



E então Sentoumaru aparece com um exército de Pacifistas (lembrando que um só Pacifista foi capaz de enfrentar o Bando do Chapéu de Palha sozinho). E eles entram na briga ao comando de Sentoumaru. 



De repente, todos os sinais de vídeos do mundo inteiro são cortados aos poucos, deixando os espectadores de outras ilhas irritados. Luffy continua indo de encontro a Ace, mas desta vez quem aparece e Kizaru. Jinbei surge para ajudá-lo e pede para que continue.
É então revelado que uma câmera continua transmitindo, e que Buggy está aparecendo nela tentando se tornar famoso, dizendo que ele está batalhando e vencendo todos.
Surpreendendo a todos, um dos comandantes de Barba Branca, Squardo pula no Moby Dick e ataca seu capitão.



Marco derruba Squardo e pergunta como ele pôde fazer isso. Barba Branca se aproxima de Squardo, questionando-o sobre como ele podei levantar uma espada contra seu "pai". Mas ele não o machuca, e sim abraça Squardo, dizendo que o perdoa.



Squardo explica que Akainu lhe disse que se ele o matasse, a guerra acabaria e todos ficariam a salvo. Mas Barba Branca não morreu, e agora só sentia mais raiva de Akainu por ter corrompido um de seus "filhos".
Barba Branca usa seu poder e destrói as ondas congeladas. Ele diz que quem quiser ir embora da batalha e se salvar podem sair. Diz também que quem for segui-lo deve estar pronto para perder a vida, e todos os seus aliados urram com ele.
Sengoku alerta gritando aos seus soldados que "o homem mais forte do mundo" vai finalmente entrar na batalha. Barba Branca pega sua naginata e começa a atacar os marinheiros, incluindo muitos gigantes. John Giant surge, mas ele consegue derrotá-lo dando-lhe um soco com seu poder junto.
Barba Branca começa a criar um terremoto que faz a ilha inteira tremer. 



Sengoku diz para Akainu pará-lo. Ele faz chover milhares de punhos de lava. Moby Dick recebe muitos ataques e é destruído. Um muro feito de um material muito resistente havia sido ativado, mas só não conseguiu subir na parte em que Oz Jr. estava. Do muro, vários canhões disparam contra Barba Branca.
Sengoku alerta que é hora de executar Ace. Luffy se depara com o muro, que é alto demais para que ele suba. Então Jinbei usa uma técnica e joga água do outro lado do muro. Mas, de dentro deste acumulado de água surge Luffy, segurando um mastro de navio. Em sua frente estavam os Três Almirantes. 



Kizaru rapidamente acerta Luffy. Os carrascos erguem suas naginatas e quando iam executar Ace, são atingidos pela areia de Crocodile. Doflamingo aparece para enfrentá-lo. 



Aokiji cria um sabre de gelo e ergue-o para matar Luffy, mas exatamente no momento Marco surge e o ataca, quebrando o sabre.



Então, os piratas do Barba Branca usam Oz Jr. para atravessar o muro. Sengoku diz a Garp que os dois deverão entrar na guerra (tremi nesta parte!)
Luffy continua correndo na direção de Ace, mas é impedido por Momonga e Dalmatian. Alguns piratas surgem para ajudá-lo.
Cada um entra em uma luta: Barba Branca contra Akainu, Jozu contra Aokiji, Vista contra Mihawk, Crocodile contra Doflamingo, Marco contra Kizaru, Irmãos Decalvan vs Dalmatian. Entre outras lutas.



Luffy não aguenta mais lutar e cai. Ivankov diz que se ele deixasse Luffy morrer, nunca mais poderia falar com Dragon, então injeta nele muita adrenalina. Luffy desperta cheio de forças.
Em outra luta, o Vice-Almirante Onigumo surge e coloca uma algema de kairouseki em Marco, que então é atacado por Kizaru. 



Jozu é totalmente congelado por Aokiji.



Os piratas de Barba Branca estão sendo derrotados. Vários marinheiros atacam Barba Branca ao mesmo tempo, e mesmo assim ele permanece imóvel. Sengoku surge para confrontar Barba Branca.
Luffy fica irritado, sem querer, libera sua Haki, nocauteando muitos marinheiros.



Ivankov pergunta como ele fez aquilo, e Luffy diz não saber. Ele continua a correr, mas Mihawk surge de repente, atacando-o. Porém o ataque é barrado por Crocodile, usando seu gancho. Mr. 1 também surge para enfrentar Mihawk.



Inazuma aparece e corta o chão, fazendo uma ponte para Luffy chegar ao cadafalso. E Luffy consegue. Mas Garp aparece e diz que não o deixará passar, não importando se ele é seu neto. Então Luffy fica irritado e acerta um soco em seu avô usando o Gear Second, derrubando-o. 



Sengoku zomba da fragilidade de Garp e usa seu poder, transformando-se em um buda gigante e dourado. Quando Luffy iria abrir as algemas, Kizaru dispara um laser e destrói a chave. Sengoku ataca Luffy, mas Mr. 3 surge e cria uma barreira de cera. O cadafalso não aguenta e desaba. Mr. 3 faz uma chave de cera para Luffy. Então Luffy finalmente solta Ace. Os dois se juntam para enfrentar os demais marinheiros. Vista sorri e diz que é demais ver os dois lutando juntos. O ânimo dos aliados de Barba Branca parecia ter voltado. Akainu diz que não deixará nenhum dos dois saírem vivos dali. Squardo surge com um navio. Barba Branca diz que sua vida está chegando ao fim, mas não por causa de Squardo, e que ele estava perto de dar sua última ordem de Capitão.
Marineford estava ruindo por causa do terremoto, e os marinheiros continuavam a atacar Barba Branca. Misteriosamente, as transmissões para o mundo voltam ao normal.
A pedido de Barba Branca, todos os piratas são colocados no navio que Squardo trouxe. Ace e Luffy chegam até Barba Branca, que pergunta se ele tinha sido um bom pai. Ace responde "É claro!". Akainu aparece zombando de todos. Ace fica irritado e ataca Akainu, mas este o bloqueia, e como sua lava é mais forte, ela queima o braço de fogo de Ace (que tem a Mera Mera no Mi).
Luffy salta para ajudar e acaba caindo, deixando o vivre card de Ace cair. Jinbei vê no vivre card que Ace está no limite. Akainu aproveita e ataca com seu punho em lavas. Mas Ace salta na frente de Luffy, protegendo-o. Porém a mão de Akainu atravessa o torso de Ace. Todos tremem.



Os piratas começam a atacar Akainu, mas como ele é feito de lava nada acontece. Akainu volta para atacar Luffy, mas desta vez Jinbei impede o ataque. 



Marco grita para que Mr. 3 solte suas algemas, e este o faz. De repente, Garp surge muito furioso mesmo, Sengoku pula e o para. Garp diz "Me segura bem firme aqui, Sengoku. Por que senão eu vou matar o Sakazuki!" (quando eu ouvi isso eu fiquei paralisado e muito espantado). É notável que Garp deixou que Luffy o nocauteasse para que ele possa libertar Ace, mas não contava com Akainu (também chamado de Sakazuki). Akainu tenta atacar novamente, mas Vista e Marco, usando Haki, conseguem pará-lo. Luffy pega Ace e começa a fugir com Ace, que lhe pede desculpas por não ter deixado Luffy o salvar corretamente. Mesmo com o médico dos piratas próximo, Ace sabe que vai morrer, já que muitos dos seus órgãos já foram queimados. Então ele diz suas últimas palavras: "Velho ...! Todos vocês ...! E ... Luffy ... Mesmo que eu tenha sido bom para nada para a minha vida inteira ... Mesmo que eu carregue o sangue de um demônio dentro de mim ... Vocês ainda me amavam ... Muito obrigado ...!" (cena emocionante).
Ele sorri e morre, e seu vivre card se extingue. 



Barba Branca fica extremamente irritado e parte para cima de Akainu e os dois entram em uma batalha feroz. Akainu consegue destruir metade do rosto de Barba Branca, além de feri-lo muito, e deixando dois buracos no seu corpo. Mas Barba Branca usa um ataque que derruba Akainu, destrói a sede da Marinha e divide a ilha ao meio, separando-o dos demais.
É neste momento, que de trás das ruínas surge Teach com seu bando e os prisioneiros que ele levara de Impel Down, e agora, seus aliados.



Barba Branca e Teach conversam e ele tenta atacar, mas Teach bloqueia. Em seguida seus aliados atacam Barba Branca com todos os seus golpes.



Barba Branca então diz que confia na Nova Era, e que o mundo ainda vai ver uma grande batalha que irá mudá-lo para sempre. E então, ele morre, mas permanece de pé, recusando-se a se ajoelhar, mesmo depois de receber 267 golpes de espada, 152 tiros e 46 bombas de canhão.


Observação: No mangá, como a censura é menor, o rosto do Barba Branca foi arrancado pela metade. Já no anime, do qual a imagem pertence, ele só teve o bigode arrancado.

O mundo inteiro fica chocado com a morte do Barba Branca e de Ace. Os Piratas de Teach dão cobertura, enquanto seu capitão se aproxima de Barba Branca e começa a usar um poder estranho, formando um cubo negro, e os dois ficam dentro dele. Do outro lado, Jinbei pega Luffy, que estava desmaiado, e tenta fugir com ele, mas Akainu aparece. Ivankov aparece e enfrenta o almirante. Mais terremoto acontecem, e todos ficam mais assustados ainda ao ver Teach sair do cubo com seu poder que já tinha, a Yami Yami no Mi, e a Gura Gura no Mi, que pertencia a Barba Branca. Ninguém entende como ele estava com os dois poderes.
Akainu derrota Ivankov e corre para pegar Luffy, atacando Jinbei com tudo. Sua mão transpassa Jinbei e atinge levemente Luffy (este ataque é que faz Luffy ter uma cicatriz mais tarde). O chapéu de palha de Luffy cai no chão. Uma onda de areia impede que Akainu ataque novamente. Era Crocodile. Akainu agora se depara sozinho contra Crocodile e todos os comandantes do Barba Branca. Crocodile usa sua areia e põe Luffy e Jinbei junto com Buggy, que estava fugindo com seus novos aliados, os prisioneiros menores de Impel Down.
Então surge de repente um submarino. Alguém dele diz para trazer Luffy até ele. E esse alguém era ninguém menos que Trafalgar Law. Kizaru surge e começa a atacar Buggy, que foge alucinado, e Jinbei. Mas Buggy volta e jogar Jinbei e Luffy submarino, como seu último ato de coragem.

O Fim da Guerra:

Em meio a guerra, alguém grita muito alto para que todos parem. A Marinha e os piratas procuram que gritou, e notam que quem o fez foi o pequeno Coby. Ele começa a gritar novamente, dizendo que a guerra é apenas uma perda de vidas e que muita gente tem família esperando em casa. Akainu fica irritado com a ousadia de Coby e o ataca, mas é bloqueado por uma simples espada. E o defensor era ninguém menos que Shanks, o Ruivo.



Ele diz que ficou admirado com a atitude de Coby e que agora tem muito respeito por ele, dizendo que os segundos que coragem que ele teve mudaram o destino do mundo. Shanks então pega o chapéu de Luffy que estava no chão e diz que veio para por fim a guerra.



E lá estava Shanks com todo o seu bando. Ele diz: "Quem quiser continuar com esta guerra, se aproxime. Nós seremos os seus adversários!" (gelei nesta parte!Passei a achar Shanks o fodão!). Teach diz que não quer mais lutar, já que conseguiu o que queria e diz que vai embora, Sengoku também resolve acabar com a guerra (eu ri demais com o medo dos dois! O Shanks arrasa!!!). 



Shanks entrega o chapéu de palha para que Buggy o devolva a Luffy, e em troca lhe daria um mapa de tesouro.
Buggy entrega o chapéu e então o submarino vai embora. Hancock ordena que um navio siga o submarino. Quando vai cobrar seu mapa, Shanks diz que mentiu. Buggy fica irritado e começa a discutir, como quando eram crianças. Os prisioneiros menores idolatram Buggy por sua coragem em gritar daquele jeito com Shanks. Lucky Roo pergunta a seu capitão, Shanks, se ele não gostaria de ver Luffy. E Shanks responde lembrando da promessa que fez com Luffy, que só iria vê-lo quando ele viesse devolver o chapéu de palha, e isso só aconteceria quando ele se tornasse o Rei dos Piratas.
E então todos começam a se retirar aos poucos e cuidar dos feridos. Enfim a maior guerra depois da Era dos Piratas chega ao fim!


Relendo o mangá e revendo o anime para me lembrar desta saga/arco, eu realmente notei que é a melhor parte de One Piece. Espero que a informação tenha sido boa a vocês!

Até a próxima postagem!
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. eu amo esse blog!!! uuuhhhuuuuuuuuuuu!!!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, eu tento fazer o meu melhor!

      Excluir
  2. Vish velho, quero ver como vai ser o final de OP, o Coby como almirante da frota, Luffy como Rei dos Piratas, Zoro como melhor espadachim do mundo Derrotando o Barba Negra.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já eu fico em dúvida, não quero que One Piece acabe, mas quero ver os mistérios sendo resolvidos!

      Excluir
    2. boa hacock linda<3

      Excluir