;

domingo, 6 de agosto de 2017

Os 5 melhores animes/mangás de todos os tempos (na minha opinião)

Demorei bastante, mas finalmente estou fazendo essa lista aqui no blog!
Esse é o meu top 5 dos melhores animes! E, lembrando, é NA MINHA OPINIÃO! Então envolve aspectos da minha vida, experiência, envolvimento e coisas do tipo, não é simplesmente uma análise técnica (posso fazer um desse tipo depois). Como todos esses são marcantes pra mim, duvido que novos que chegarem vão superar, por isso garanto que essa lista não se modificará com o passar dos anos.
Ah, durante o texto eu vou acabar variando os termos mangá e anime, mas como a história é a mesma considere que estou avaliando a obra toda, ok?

Não se esqueça de deixar qual o seu top 5 nos comentários!

Agora, fique com o meu:


5ºDRAGON BALL


Esse marcou minha infância, assim como a de muita gente. Lembro como foi uma mania entre todas as pessoas da minha escola, todos haviam tentado pelo menos uma vez desenhar algum dos personagens. Demorei muito tempo para entender a cronologia da história, afinal eu era muito novo na época e só me importava com as lutas e um pouco do enredo. Além do mais, passava na TV aberta e era reprise atrás de reprise. Só muito mais velho é que eu conheci o primeiro Dragon Ball (que é um dos melhores). Pra vocês terem ideia por muitos anos eu só conhecia o Z e o GT, inclusive não odeio nenhum desses dois, não tenho aquele ódio em cima do GT que muita gente tem. Dragon Ball, pra mim, é bom do começo ao fim. Só não ganha mais destaque por conta do enredo repetitivo e pouco complexo. Estou acompanhando o Super agora, vamos ver se continua o legado!

4ºDEATH NOTE


Diferente dos demais dessa lista, Death Note não é um anime de ação, ele tem uma guerra intelectual que se torna muito interessante ao ser misturada com a parte sobrenatural dos shinigamis e Death Notes. Isso foi uma surpresa pra mim no começo, mas logo você fica tão envolvido com a trama que nem se importa com a falta de combates. Aliás, é bom variar de vez em quando e Death Note é uma boa escolha pra quem quer sair dos animes de luta. Lembro de ter lido o mangá inteiro muito rápido, tá certo que ele não era tão grande, porém a história me prendeu de um jeito que eu ficava na escola pensando em como iria acabar, já que o tempo todo eu estava mudando de lado (vai dizer que os dois lados da história não são tentadores e parecem corretos?). Outro anime que vale muito a pena conhecer!

NARUTO


Naruto foi o primeiro anime que assisti sabendo o que era um anime (os mais antigos, como Medabots, Cavaleiros do Zodíaco e o próprio Dragon Ball eu acreditava ser só um desenho comum mesmo). Foi Naruto que me introduziu a todo esse mundo de animes. Foi o primeiro que me fez comprar as edições encadernadas, também. Eu comecei a acompanhar pela TV mesmo, mesmo que ficassem repetindo sempre as mesmas temporadas. Assim como fiz com Ben 10, em épocas sem internet, cataloguei todos os episódios de Naruto e por isso eu sabia exatamente quando cada um dia passar, assim eu poderia saber quando era aceitável chegar tarde em casa ou quando eu deveria vir correndo da escola. Ah, bons tempos... Só depois comprei DVDs de episódios, sempre me focando nas primeiras temporadas. Minha história com Naruto renderia um post sozinho (se quiserem ler, peçam aí nos comentários). Mas tenho que dizer que fui me decepcionando conforme o mangá avançada, tendo alguns momentos muito bons entre grandes partes chatas. Eu entendo que histórias têm seus altos e baixos, e embora Naruto tenha seus altos bem avantajados, ainda há baixos demais para tolerar.

2ºFULLMETAL ALCHEMIST


Em toda essa lista Fullmetal Alchemist é o único que eu apenas li o mangá. Não vi o primeiro anime, mas me disseram que não era fiel ao mangá, por isso citei aqui o segundo anime, o Brotherhood, que segue a mesma história do mangá. O que mais me chamava a atenção era o pé na realidade: as armas, o mundo e principalmente a alquimia tinham sua proximidade com as coisas reais, reservando, é claro, seu espaço para a fantasia. A história tinha um nível de complexidade incrível, a trama era bem escrita e a ação era fantástica! E o que falar da arte? É um dos mangás com os desenhos mais perfeitos que já vi, todo detalhado e bem expressivo, e essas características foram pro anime. Também passa muito bem os sentimentos, com cenas emocionantes que marcaram todos até hoje (lembram-se daquela quimera e daquele funeral?). E tudo isso sem deixar de lado a comédia escrachada que é característica dos mangás, como o Ed e o Al em formato bizarro e as piadas com gatos! Olha, bateu até uma saudade, acho que vou ler tudo de novo...

1ºONE PIECE


Esse não é só o melhor anime de todos na minha opinião, é, arrisco dizer, o melhor já feito na história! Nenhum outro anime chegou perto de ter uma história tão intrincada, com tamanha complexidade, equilibrando situações quase infantis com lições de amizade e solidariedade, além de abordar tópicos sérios, como escravidão e preconceito. Mesmo que você não goste, tem que admitir o quão incrível é essa história. One Piece é um mangá muito longo, ainda em lançamento, e por incrível que pareça não teve tantos altos e baixos. Já fiz um gráfico para o nível de qualidade dos arcos de história e ele apresenta uma curva crescente, ou seja, só fica melhor conforme o tempo passa. Os personagens também são muito bem desenvolvidos, às vezes vemos tudo do ponto de vista deles e até vilões são bem explorados, tendo seus atos quase justificados. A trama cheia de mistérios nos ajuda a entrar na história para ficarmos pensando em teorias e explicações, resolvendo os enigmas junto com os personagens. Eu sou apaixonado por essa história desde aquele memorável mês de férias que comecei a lê-lo (e terminei pelo menos os 400 capítulos disponíveis até então naquele mesmo mês). A história me envolveu e me mudou, e são poucas obras que entram na nossa vida pra modificar algo. Poderia falar muito mais ainda, mas vou parar por aqui. One Piece: o maior mangá/anime de todos!


_ _ _ _ _

Isso é tudo pessoal!

Até a próxima postagem!

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Todos os personagens da Marvel Comics - Parte 34: Membros dos X-Men III

<< Parte 33 - Parte 35 >>

Terceira parte com os membros dos X-Men. Nessa lista há os membros que entraram nos anos 80 e 90.
As outras partes: X-Men I, X-Men II





GAMBIT
Remy LeBeau, quando ainda era bebê, foi raptado por um grupo de ladrões, pois estes acreditavam que ele era uma criança profetizada. Tudo isso porque Remy possuía olhos vermelhos. Ele foi treinado pelos ladrões em várias artes marciais, técnicas acrobáticas e habilidades furtivas de roubo, mas foi expulso da guilda após violar um pacto com as gangues rivais. Após isso passou a viajar pelo mundo praticando roubos, até ser controlado pelo Senhor Sinistro para realizar um massacre aos morlocks (mutantes do subterrâneo). Remy recuperou a consciência durante o massacre, conseguiu salvar uma garota e fugir. Arrependido, ele se juntou aos X-Men pouco tempo depois. Possui o poder de carregar objetos (em especial seu bastão e cartas de baralho) com energia cinética, tornando-os explosivos ou mais rígidos e perfurantes.
 
PSYLOCKE
Elizabeth "Betsy" Braddock era uma famosa modelo inglesa até que seus poderes telepáticos se desenvolveram e ela foi convocada para se tornar uma agente especial. Depois disso sua vida passou por altos e baixos, ela perdeu os olhos (passando a "enxergar" entrando na mente de outras pessoas), foi controlada pelo vilão Mojo, morreu e renasceu, e muito mais. Seu poder mutante vai muito além da telepatia. Ela é capaz de criar "armas psíquicas", objetos feitos de uma energia sólida que tomam a forma que ela quiser, de espadas a arcos. Pode ainda criar campos de força, mover objetos com a mente, voar e ver o futuro. Além disso é especialista em artes marciais. É irmã gêmea de Brian Braddock, o Capitão Britânia, e ela própria já assumiu seu lugar algumas vezes, tornando-se a Capitã Britânia.

BISHOP
Lucas Bishop nasceu na Terra 1191, uma realidade alternativa que se passa em um século 21 onde os robôs Sentinelas caçaram e mataram quase todos os mutantes que existiam. Os poucos que sobraram, incluindo Bishop, ficavam em campos de concentração até uma revolta libertou todos. Anos depois ele se tornou um caçador de mutantes que viajava no tempo atrás de fugitivos até que veio parar na realidade principal (Terra 616), onde acabou ficando preso. Sem ter para onde ir ele foi acolhido pelos X-Men. É um mutante com o poder de absorver energia e depois dispará-la na mesma intensidade, da forma que quiser. Também é treinado como soldado e empunha vários tipos de armas gigantescas de alta tecnologia.

JUBILEU 
Jubilation Lee nasceu em uma família rica de imigrantes chineses. Sua infância foi muito boa e tudo mudou no dia em que seus pais perderam toda a fortuna no mercado de ações e logo depois foram assassinados por mercenários. Jubileu, como era chamada, foi enviada a um orfanato, mas logo fugiu de lá com medo de que a mandassem de volta para a China. Ela passou a viver nas ruas, onde aprendeu a sobreviver. Ao roubar um shopping ela foi pega por um policial e despertou seus poderes, que consiste em gerar explosões parecidas com fogos de artifício. Também possui uma mente invulnerável à telepatas. Durante a Dinastia M* ela foi uma das mutantes que perdeu os poderes. Um tempo depois ela se tornou uma vampira, ganhando novos poderes.

MEDULA
Sarah nasceu com seus poderes manifestados, por isso foi desprezada por todos e teve de viver com os morlocks nos esgotos. Como os morlocks já eram mutantes rejeitados pela sociedade ela pôde viver em paz, até que o grupo dos Carrascos, a mando do Senhor Sinistro, apareceu e iniciou um massacre. Sarah foi salva por Gambit e depois teleportada junto com os morlocks sobreviventes para uma outra dimensão, onde aprenderam a guerrear. Agora sob o nome de Medula ela liderou os mutantes para se vingar dos seres humanos e por muito tempo foi uma grande ameaça. Após as desavenças serem acertadas, Medula entrou para os X-Men, mesmo com muitos membros não aprovando isso.
CECILIA REYES 
Cecilia Reyes nasceu no Bronx, em Nova York, e era descendente de porto-riquenhos. Um dia ela viu seu pai sendo baleado e morto, e por isso decidiu que se tornaria uma médica para salvar quem pudesse. Já formada e trabalhando, seus poderes mutantes despertaram e Xavier a procurou, mas ela preferiu continuar sua vida normal e pediu para que o professor mantivesse em segredo que ela era mutante. Ela é capaz de criar escudos descritos como sendo feitos de psicoplasma, que se expandem num raio de 15 cm a partir de onde são criados. Possui apenas um problema: golpes fortes nos escudos causam dor em seu corpo. Para escapar de um ataque de sentinelas que identificaram sua mutação Cecilia acabou exibindo seus poderes. Assim, não viu outra escolha a não ser entrar para os X-Men.
LARVAL
Japhet nasceu na África do Sul, em uma vila muito pobre. Ele teve uma infância difícil, pois não conseguia comer direito e por isso ficava muito adoentado. Um dia ele ouviu sua mãe rezando para que ele morresse logo, porém não sabia que era para acabar com seu sofrimento. Japhet fugiu até se perder e ser encontrado por Magneto, que sentiu seu poder mutante e os libertou. Japhet possui dois vermes, que ele chama de Eany e Meany, no lugar do seu aparelho digestivo. Elas saem podem sair pela sua barriga (por um buraco que se regenera) e comer tudo que verem pela frente, transformando em energia para deixar Japhet mais forte. Depois de desenvolver seus poderes ele foi aos Estados Unidos procurar por Magneto e foi quando se juntou aos X-Men.

JOSEPH
Joseph foi criado por Astra, uma recruta da Irmandade, a partir do DNA de Magneto, sendo, portanto, um clone do famoso mutante. Criado com o objetivo de matar o original, Joseph enfrentou Magneto, foi derrotado e ainda por cima teve a cabeça atingida por um bloco de motor, o que lhe fez perder a memória. Foi encontrado mais tarde por uma freira que o batizou de Joseph e lhe aconselhou a procurar ajuda com os X-Men. Como um clone de Magneto, Joseph possui os mesmos poderes magnéticos que o permite mover objetos metálicos, voar e tudo mais relacionado. Astra teve a preocupação de remover o seu instinto de autopreservação, por isso ele é bem impulsivo e inconsequente.
LONGSHOT 
Longshot é nativo do Mojoverso e foi criado artificialmente por cientistas para se tornar um escravo e soldado do Mojo, o líder da dimensão. Porém ele se rebelou ao descobrir sua origem e liderou uma revolução dos escravos contra Mojo. Os rebeldes foram derrotados e Longshot teve suas memórias apagadas, mas conseguiu escapar por um portal para a Terra. Lá ele se juntou aos X-Men e um tempo depois voltou ao Mojoverso para completar a rebelião, dessa vez com sucesso. Entre seus poderes estão as habilidades físicas ampliadas, fator de cura, capacidade de tocar em objetos e perceber quem interagiu com eles, e de alterar as probabilidades a sua volta, podendo sempre ter "boa sorte". Foi casado com Cristal e com ela teve um filho, o mutante herói Shatterstar.

CRISTAL
Alison Blaire despertou seus poderes na escola e percebeu que poderia usá-los para realizar seu sonho: tornar-se uma cantora de disco. É capaz de transformar som em luzes, cuja intensidade pode variar desde efeitos luminosos simples e inofensivas até rajadas capazes de deixar quem for atingido em estado catatônico. Nos seus shows ela sempre fazia os efeitos de luz que deixavam todos empolgados. Muitos super-heróis já revelaram serem fãs de suas músicas. Ela se uniu aos X-Men por um tempo, mas o ritmo de perigos a fez desistir da ideia de continuar.



_ _ _

*Dinastia M: foi um evento onde a Feiticeira Escarlate usou seus poderes de alterar a realidade para reduzir o número de mutantes da Terra para apenas 198. Ela não matou os demais mutantes, apenas removeu seus poderes.

_ _ _ _ _

Até a próxima postagem!

Todos os personagens da DC Comics - Parte 34: Membros dos Guardiões Globais

<< Parte 33 - Parte 35 >>

Nessa lista eu lhes trago alguns dos membros dos Guardiões Globais, uma equipe de super-heróis vindos de vários países diferentes unidos para defender a Terra.



FERA B'WANA
Michael Payson Maxwell nasceu em uma família americana muito rica, porém ele se recusou a entrar nos negócios do pai para viajar com seu colega de faculdade e ajudar em uma reserva animal na África. O avião em que ele viajava acabou caindo em um país chamado Zambesi. Michael e seu amigo encontraram uma caverna para se abrigar, só que ela já era dominada por um grande macaco vermelho. Após uma chuva, Michael bebeu da água filtrada pelos minerais da caverna e isso lhe deu superforça, permitindo-o vencer o macaco. Este reconheceu Michael como seu mestre e lhe presenteou com um elmo capaz de controlar todos os animais a sua volta. Com isso ele se tornou um grande herói na África, um lugar perfeito para agir com os animais. Possui ainda a água da caverna guardada para ganhar mais força quando necessário.

GODIVA
Dorcas Leigh, conhecida pelo apelido de Dora, era uma socialite britânica que descobriu ser uma metahumana com o poder de controlar os próprios cabelos. Os fios de seu cabelo são mais resistentes que aço e ao mesmo tempo são muito flexíveis. As mechas podem se agrupar e mover-se como se fossem membros, com capacidade para agarrar coisas. A alta resistência do cabelo funciona como uma superforça para esses membros, o que a permite erguer grandes massas. É uma das principais membros dos Guardiões Globais.

FOGO-FÁTUO
Daniel Cormac é o representante da Irlanda. Ele era um fazendeiro muito pobre até que uma fada lhe presenteou com uma lanterna de abóbora (ou jack-o'lantern) mágica, que lhe concedia poderes para se tornar um super-herói. Durante o dia, quando a luz da lanterna é inútil, Daniel fica sem poderes. Mas a noite, em especial por volta meia-noite, ele se torna capaz de voar, se teleportar, criar e controlar um nevoeiro sinistro (que pode também causas ilusões) e gerar disparos de energia. E, é claro, ao empunhar a lanterna sua aparência muda para um ser fantasmagórico que, em algumas vezes, aparece em chamas.

CAÇADOR SELVAGEM
Albrecht von Mannheim nasceu na Alemanha e é a reencarnação de um antigo guerreiro germânico. Essa reencernação lhe fez  herdar grandes habilidades, como superforça e resistência física ampliada. Veste-se como um guerreiro, com roupas e capa feitas de pele, um elmo e braceletes de metal. Possui ainda um machado de guerra místico, monta um corcel de nome Orkan e está sempre acompanhado de um cachorro (também combatente) chamado Donnerschlag. Era um grande herói na Alemanha e foi convidado a integrar os Guardiões Globais.

DEMÔNIO DA TASMÂNIA
Hugh Dawkins é talvez o mais famoso herói australiano e um dos fundadores dos Guardiões Globais. Ele já era um herói muito antes de ganhar poderes, vestindo-se com um uniforme peludo que cobria todo seu corpo. Não se sabe como ou quando ele tornou-se capaz se transformar em uma versão humanoide de um diabo da Tasmânia. Nessa forma sua força cresce absurdamente, ele se torna mais ágil e rápido, podendo até mesmo se desviar de tiros. Suas garras são longas e afiadas, tornando-se sua principal arma contra os inimigos.

OLIMPIANO
Aristides Demetrios é um super-herói grego que tira seus poderes do Velo de Ouro, o elmo com chifres e capa de lã que os lendários Argonautas (guerreiros navegadores) buscavam. Com o velo, ele recebe os poderes dos Argonautas: a força de Hércules, a capacidade de voo de Calais, a velocidade de Atalanta, o teleporte de Zetes e várias outras habilidades, incluindo invulnerabilidade, fator de cura e longevidade. Por outro lado, o uso constante do velo o faz sentir a personalidade dos guerreiros dos quais tira os poderes, causando-lhe instabilidade mental e o faz apresentar sintomas de esquizofrenia.

IMPALA
Mbulaze nasceu em uma tribo zulu na África do Sul. Ele descobriu, na adolescência, que tinha as habilidades de um antílope: podia correr em alta velocidade e dar grandes saltos. A origem dos poderes é desconhecida, muito provavelmente ele é um metahumano. Foi recrutado pelos Guardiões Globais e a partir daí passou a se chamar Impala, o nome de uma das espécies que pertencem ao grupo dos antílopes. Ele é, portanto, um dos poucos que se tornou herói somente depois da convocação, sem ter uma carreira anterior.
SOL NASCENTE
Isuma Yasunari nasceu no Japão, neto de sobreviventes da bomba atômica de Nagasaki. Seus avôs morreram de câncer, consequência da bomba, e sua mãe quase foi mais uma, porém curou-se com quimioterapia. Tudo isso inspirou Isuma a se tornar um cientista especializado na pesquisa sobre câncer. Ele desenvolveu a habilidade de absorver energia solar e depois dispersá-la sob forma de ventos solares, energia concentrada, calor ou luz. Fundou a versão japonesa da Liga da Justiça e depois foi convocado pelos Guardiões Globais.

LORDE TROVÃO
Liang Xih-K'ai é um monge budista nascido em Taiwan. Em treinou em em um templo shaolin e dominou várias artes marciais, tornando-se um grande lutador. Além disso ele é um metahumano com cordas vocais superpoderosas que lhe permitem imitar a voz de qualquer pessoa ou o som de qualquer coisa. Pode ainda emitir um grito devastador que vai desde desestabilizar o inimigo até forte o suficiente para destruir objetos sólidos, como paredes e construções.

SURUCURU
Bernal Rojas era um herpetologista (estudioso de répteis e anfíbios) venezuelano. Após muito tempo de estudos ele desenvolveu vários equipamentos baseados em características dos animais que ele pesquisava para se tornar um super-herói. Construiu um traje que lhe permite andar sobre a água, escalar pelas paredes, camuflar-se como um camaleão, além de possuir vários detectores de calor e visão infravermelha.






_ _ _ _ _

Até a próxima postagem!