;

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Personagens da Marvel Comics - Parte 20: Inimigos do Justiceiro


Lista com os principais vilões do Justiceiro!
Frank Castle possui em sua galeria de vilões vários mafiosos, mercenários, chefes do crime organizado e vigilantes indiscriminados, o que aproxima suas histórias mais do ambiente urbano (e da vida real) do que do mundo cheio de poderes dos super-heróis habituais.



RETALHO 
Billy Russo era um assassino da Maggia, uma das maiores famílias mafiosas. Ele teve envolvimento na chacina que vitimou a família de Frank Castle, por isso esteve na mira do vigilante. Quando o Justiceiro o encontrou ele jogou Billy por uma janela de vidro, o que rasgou seu rosto em vários pedaços. Os médicos costuraram os pedaços de pele, porém deixaram várias cicatrizes. Usando o nome de Retalho, ele começou a usar sua aparência assustadora para intimidar os inimigos e assim construir uma nova reputação nas ruas, tudo isso enquanto  buscava por vingança contra Castle. Não possui poderes, apenas recorre a várias armas de fogo e, em grande parte das vezes, facas enormes e afiadas usadas para retalhar suas vítimas. Também é um ótimo lutador, mas sem estilo específico, apenas a velha luta de rua.

MA GNUCCI
Isabella Carmela Magdalena Gnucci é a matriarca e líder da Família Gnucci, uma organização mafiosa que controla várias atividades ilegais em Nova York. A fim de expulsar a família para sempre, o Justiceiro matou os três filhos de Gnucci, deixando-a irada. Quando foi buscar vingança, Ma Gnucci e seus soldados foram derrotados por Castle, mesmo que este estivesse sozinho e desarmado. Depois ele jogou a matriarca na jaula dos ursos polares no zoológico. Ma Gnucci sobreviveu, mas perdeu os braços e as pernas. Mesmo assim ela continuou a comandar a família e seu desejo de vingança contra Castle só aumentou. Ela contrata diversos mercenários para matar o vigilante, sempre sem sucesso.
BARRACUDA
Barracuda, cujo nome verdadeiro é desconhecido, cresceu em um bairro pobre com uma família grande e pouco unida. Ele sempre foi bem rebelde, sempre se metendo em brigas que o faziam ser expulso de escolas e até mesmo dos internatos. Isso até ser convocado por um programa do exército para jovens desobedientes. Tornou-se um militar em missões internacionais, porém seu comportamento violento continuava e ele foi acusado por abuso de autoridade e agressões contra adversários, prisioneiros e civis inocentes. Expulso do exército, Barracuda então se voltou para as ruas, onde fundou um império do crime comandando tráfico de drogas e prostituição, entre outras atividades. Além do tamanho avantajado que lhe concede muita força ele é bom em luta e com armas de fogo, tudo graças ao treinamento militar.

KRAVEN, O CAÇADOR
Alexei "Alyosha" Kravinoff é filho de Sergei Kravinoff (o Kraven original). Ele viveu quase a vida inteira na África e não passou muito tempo com o pai, mas quando este morreu ele foi procurar o suposto causador dessa morte: o Homem-Aranha. Os dois se enfrentaram, porém depois Alyosha deixou de ser um vilão. Após desejar aumentar suas habilidades físicas ele começou a beber o soro da selva que seu pai fez, ficando cada vez mais animalesco, o que o transformou num vilão de novo. Começou a montar um zoológico onde aprisonava pessoas com poderes relacionados a animais e foi aí que entrou em conflito com o Justiceiro. Além das habilidades sobre-humanas ele carrega várias armas de caça, como lanças, zarabatanas e dardos envenenados.

RUSSO
O Russo possui um passado e nome verdadeiro desconhecidos. Sabe-se apenas que ele viajou o mundo participando de várias guerras por pura diversão. Por algum motivo a Yakuza, a máfia japonesa, deseja capturá-lo, assim como muitos outros países e organizações que querem prendê-lo. Toda essa experiência militar acumulada serviu para que ele se tornasse um mercenário muito habilidoso, por isso foi contratado pela família Gnucci por um preço exorbitante para matar o Justiceiro. Após ser trucidado pelo Justiceiro partes de seu corpo foram recuperadas e ele foi reconstruído como um ciborgue, tendo em seu organismo peças robóticas e até órgãos de animais.

NICKY CAVELLA
Nicky Cavella foi instigado desde pequeno a seguir a carreira de mafioso do pai. Sua tia o convenceu a matar seus pais e depois o introduziu, ainda jovem, em um mundo de sexo, drogas e crimes. Era um plano da tia para assumir o comando da família, porém Nicky virou o jogo e a matou mais tarde, assumindo todos os negócios da família. Tantos traumas o tornaram um psicopata insano, personalidade que esconde agindo como uma pessoa comum, sempre sorridente. Como um líder de máfia ele entrou na mira do Justiceiro e por isso juntou-se a vários outros criminosos para combater o vigilante.


FINN COOLEY
Finn Cooley era um dos especialistas em explosivos do IRA, um grupo terrorista que buscava tirar a Irlanda do Norte do Reino Unido e juntá-la à Irlanda. Certo dia ele se envolveu em um acidente com uma de suas bombas e então teve parte do rosto desfigurado. Passou a usar uma máscara de plástico para proteger a carne exposta, o que lhe conferia uma aparência assustadora. Depois disso Finn mudou-se para os Estados Unidos onde começou a negociar com outro gangster irlandês, Nesbitt. Quando Nesbitt morreu ele deixou sua fortuna para vários sócios, incluindo Finn, mas este decidiu eliminar os outros para ficar com todo o dinheiro e isso o colocou no caminho do Justiceiro. Além de especialista em bombas ele também é bom com armas de fogo em geral.

SENHOR TROCO
Senhor Troco (único nome pelo qual é conhecido) montou uma carreira de vigilante enfrentando empresários ricos, corruptos e grandes corporações que não se importavam com os trabalhadores. É bem inteligente, o suficiente para montar as estratégias em suas ações, e possui ótimas habilidades dedutivas. Ele foi o idealizador de um grupo chamado Esquadrão Vigilante, juntando pessoas dispostas a acabar com todo o crime de Nova York, e que no fim contava com ele próprio, Santo e Elite. Decidiu que o Justiceiro tinha que liderar o grupo, mas as ações dos três eram tão violentas e fora de controle que o Justiceiro acabou considerando o grupo um inimigo.

SANTO
Hector Redondo era um padre comum até o dia em que um criminoso lhe confessou uma enxurrada de crimes e pediu perdão para que pudesse cometer mais. Hector surtou com aquilo, pegou um machado, destruiu a cabine de confissão e matou o homem. Depois decidiu matar todas as pessoas que considerava pecadoras. Seu sentimento de culpa se foi quando ele viu que o Justiceiro fazia o mesmo, então transformou-o em seu herói pessoal. Depois de uma série de crimes ele se juntou ao Senhor Troco e ao Elite para montar o Esquadrão Vigilante. Continuou a usar um machado como principal arma e com o tempo se tornou bom em lutar com ele.

ELITE
Elite (seu nome verdadeiro ainda é desconhecido) era um homem muito rico e dono de uma galeria de arte. Ele era bem racista e acreditava fortemente na divisão da sociedade por classes econômicas, considerando todas as classes abaixo da dele socialmente inferiores. Certo dia decidiu proteger sua vizinhança e amigos ricos do que ele considerava uma escória da sociedade, por isso começou a caçar e matar vendedores ambulantes, traficantes de drogas, moradores de rua, enfim, qualquer pessoa pobre ou que poderia oferecer risco à alta sociedade. Não se sabe o nível de seu treinamento, mas ele é hábil com alguns tipos de arma de fogo. Junto com Senhor Troco e Santo, Elite é membro do Esquadrão Vigilante.


_ _ _ _ _

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário