;

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

2017: o ano mais nerd-geek dos filmes e séries!

O ano de 2016 pode ter sido traumatizante em muitos aspectos, porém não há como negar que foi incrível para geeks e nerds. Eu disse no começo de 2016 que seria o ano dos nerds, com estreias de filmes do Universo Star Wars, Guerra Civil e Doutor Estranho pela Marvel Studios, Deadpool e, é claro, Batman vs Superman pela Warner/DC, estreia de séries incríveis e muito mais...
Porém agora acredito que 2017 será melhor. Vamos ver o porquê.

Começando com os filmes:

Teremos Star Wars Episódio VIII, dando continuidade à jornada de Rey, Finn, BB-8 e companhia. Pelo jeito que terminou o episódio VII, é provável que teremos uma participação maior de Luke Skywalker nesse filme, talvez em um treinamento com Rey ou algo assim. No histórico das duas trilogias Star Wars, pelo menos na minha opinião, os segundos filmes sempre são os melhores. O Império Contra-ataca na primeira trilogia e Ataque dos Clones na segunda. Quem sabe esse seja o melhor da nova trilogia!

Piratas do Caribe também ganha a sua esperada continuação. Em Piratas do Caribe: A Vingança de Salazar, Jack Sparrow precisa ir atrás do Tridente de Posseidon para poder combater o Capitão Salazar e sua tripulação fantasma que querem acabar com os piratas do mundo. Um fato curioso é que esse subtítulo da versão brasileira é completamente diferente do subtítulo original (que, inclusive, vinha sendo divulgado em tradução literal no Brasil) que é Os Mortos não contam Histórias.

Em outubro teremos Blade Runner 2049, a continuação do clássico Blade Runner. A diferença das datas de lançamento entre o primeiro filme e o que teremos esse ano é de 35 anos! Apesar disso, no filme terão se passado 30 anos e teremos a volta de Harrison Ford reprisando o seu papel, o que já é uma grande ligação com o original. Ridley Scott dirigiu o primeiro filme, mas nesse ele ficará apenas como produtor.

Ridley Scott se mantém na direção de outro filme esse ano, dessa vez na continuação de outra série de sucesso sua. Alien: Covenant dá continuidade a Prometheus, se passando 10 anos antes do último filme. A história segue os tripulantes da nave colonizadora Covenant ao encontrarem um planeta remoto que aparentemente esconde muitos perigos.

Teremos no final desse ano o novo Jumanji. Ao que parece a história desse filme não é um remake, é apenas uma nova história. Ela se passará dentro do jogo! Então teremos aquele clima de selva cheio de bichos perigosos e um grupo de pessoas que entrou lá, sabe-se lá porque. Mesmo que essa premissa seja interessante eu não boto muita fé nesse filme.


Agora vamos entrar nos filmes de super-heróis de quadrinhos:

O primeiro a chegar até nós será Logan. Esse filme promete causar muitas emoções: será visualmente chocante (afinal é um filme para maiores), emocionante (teremos a despedida de Hugh Jackman no papel e possivelmente a morte do Wolverine) e, quem sabe, seja um filme digno do personagem, o que com certeza vai nos deixar felizes. Aparentemente ele é brevemente baseado nas HQs do Velho Logan, onde temos o personagem após "aposentar" suas garras, mais velho e pensativo, em um mundo pós-apocalíptico.

Vamos aos filmes da Marvel Studios. O primeiro desse ano será Guardiões da Galáxia Vol. 2, continuação do sucesso lançado em 2014. Esperamos o mesmo sucesso e eu aposto que esse será uma das maiores bilheterias da história, assim como um dos melhores filmes já feitos pela produtora. Eu aguardo muito esse filme porque teremos mais revelações sobre o universo cósmico dos filmes, como a apresentação do pai de Peter Quill, Ego o Planeta Vivo.

Em julho, é a vez da estreia do filme solo Homem-Aranha: De Volta ao Lar. Esse filme parece que vai fugir um pouco dos demais filmes da produtora e das versões anteriores. O que é muito bom, porque teremos um ambiente juvenil, de escola, algo que fez parte do universo do personagem por muitos anos nos quadrinhos e pouco foi aproveitado no cinema. Isso pode proporcionar boas cenas. No filme, o Aranha terá que enfrentar o Abutre e o Shocker, enquanto ainda lida com as consequências de sua participação na Guerra Civil.

E no começo de novembro estreia Thor: Ragnarok, fechando a trilogia do personagem. No começo eu não estava muito animado para esse filme, assim como foi com o segundo da trilogia, mas após a sinopse oficial eu mudei de ideia. No filme teremos Thor sem seu martelo tendo que correr pelo espaço e por universos para impedir o fim do mundo e no meio disso terá que lutar contra o Hulk em um planeta de gladiadores, ou seja, teremos enfim a tão aguardada adaptação de Planeta Hulk (mesmo que parcialmente). Ah, e o Doutor Estranho terá uma aparição no filme também, além da estreia de personagens inéditos e importantes, como Hela e o Grão-Mestre.

Esse pode ser um ano de destaque também para a Warner com os heróis da DC Comics. Em junho teremos ninguém menos que a Mulher-Maravilha em seu filme solo. Ela fez uma estreia fantástica em 2016 e seu filme promete quebrar a maldição que ronda os filmes solos de heroínas (vide Elektra e Mulher-Gato), se tornando um dos melhores do ano. O filme traz a heroína no meio da Primeira Guerra Mundial, fazendo uma mistura de temas de guerras quase modernas (com armas de fogo, bombas e aviões) e guerras mitológicas (com espadas, escudos e poderes).
É, novembro vai ser incrível. Teremos aquele que eu espero ser um dos maiores filmes da história. Por favor, façam Liga da Justiça ser um grande filme! Ele vai ter que disputar a bilheteria do mês de novembro com Thor: Ragnarok e espero que isso não atrapalhe o andamento das coisas.

Não é bem baseado em quadrinhos, mas são super-heróis. Em agosto, Os Guardiões estreará. É um filme russo que ganhou popularidade na internet por, bem, ser um filme russo de super-heróis. A equipe de protagonistas do filme conta até mesmo com um homem que se transforma em um urso com uma metralhadora pesada. Não tenho tanta esperança nesse filme, mas não custa nada vê-lo.

Não podemos nos esquecer de filmes baseados em jogos. Na segunda semana de janeiro teremos Assassin's Creed. O filme já saiu nos Estados Unidos e foi massacrado pela crítica. Será que um fracasso poderá colocar fim a uma série de filmes baseados nos jogos? De qualquer forma, recomendo ir assistir e tirar suas próprias conclusões.

Ainda em janeiro, Resident Evil 6: O Capítulo Final chega para encerrar a série de filmes e promete não cometer os erros dos anteriores, caminhando para ser o melhor filme da saga. Será que enfim teremos um filme digno, pelo menos para o encerramento de uma franquia?


Um filme muito esperado esse ano é Ghost in the Shell, adaptação do mangá e do filme animado de mesmo nome. Trás como protagonista a deusa Scarlett Johansson, que foi uma escalação um tanto controversa (uma atriz caucasiana no papel de uma oriental), o que por si só já vai chamar a atenção dos críticos. O visual parece bem fiel à obra original e esse pode ser um daqueles pouquíssimos filmes baseados em mangás que saem bons.

Mais um filme baseado em mangá desse ano trouxe bastante controvérsia. Dessa vez, Death Note, produzido pela Netflix. O filme terá os mesmos personagens do original, porém será focado nos Estados Unidos, por isso os sobrenomes dos personagens foram alterados para americanos, como por exemplo Light Yagami que será chamado de Light Turner. As escalações também foram controversas, pois fãs reclamaram de termos um ator negro interpretando o detetive L. Enfim, apesar de eu acreditar muito no potencial da Netflix para filmes, não tenho esperança que esse será bom.

O escritor Stephen King terá duas obras adaptadas para o cinema esse ano.
Considerada por muitos a obra-prima de Stephen King, A Torre Negra é uma série de oito livros publicada no decorrer de 33 anos (!), conhecida por ser uma mistura de estilos que vão desde o terror até fantasia, passando por ficção científica e temas medievais. Olha, misturar fantasia e ficção científica dá um baita trabalho, mas muitas vezes gera bons resultados, e é esse ponto que me chamou a atenção, por isso desejo muito ver esse filme.

Muitas crianças do século passado ficaram com medo de palhaços depois de assistir It - Uma Obra-prima do Medo de 1990, também baseado em um livro de King. Esse ano teremos um remake do filme, It. Pouco material foi divulgado, mas já temos as imagens do palhaçõ Pennywise e, caramba, ele está assustador. É a volta do terror ao melhor estilo Stephen King


Falando de séries agora:

A parceria Marvel e Netflix vai nos trazer três séries esse ano!

Começaremos com Punho de Ferro, que terá todos os seus episódios disponibilizados na Netflix em março. A série promete trazer um pouco mais do universo místico da Marvel, introduzido nas séries na segunda temporada de Demolidor e nos filmes por Doutor Estranho. Também promete trazer muito mais artes marciais, afinal magia e luta é o foco das histórias do herói.

A estreia do Punho de Ferro vai fornecer tudo que era preciso para completar o caminho até a série Defensores, que vai reuni-lo com Demolidor, Jessica Jones e Luke Cage na formação de uma equipe heroica. A série ainda vai contar com diversos personagens de apoio das demais séries, como os amigos dos heróis. Eu estou esperando que seja "Os Vingadores" das séries, o que pode torná-la uma das melhores já feitas!

A série do Justiceiro já sofreu várias alterações de datas, entretando é possível que estreie esse ano mesmo! A Netflix normalmente lança duas séries da Marvel por ano, e se realmente Justiceiro sair em 2017 nós teremos três séries! As gravações já começaram a meses e isso é um ótimo sinal.

A Marvel Studios pode ter abandonado a ideia de fazer um filme dos Inumanos, entretanto os personagens não foram descartados completamente. A Marvel vai fazer uma série com os personagens, focando na família real inumana, filmada inteiramente em IMAX (formato que apresenta imagens enormes com altíssima resolução), sendo que os dois primeiros episódios serão exibidos nos cinemas, obviamente apenas nos que pertencem ao circuito IMAX. Isso é inédito e estou muito ansioso para ver!

Produzida pela Fox, a série Legião vai nos apresentar o poderoso mutante de mesmo nome. A data desta postagem, Legião está perto de estrear na TV. Ela irá se passar no mesmo universo dos filmes dos X-Men e crossovers parecem ser uma possibilidade! A série parece ter uma pegada bem diferente das outras de super-heróis que já vimos, em especial às da CW (como The Flash e Arrow).

E por falar em série diferente de The Flash e Arrow, a DC também está para lançar Powerless, uma série que, como o nome indica, vai focar nas pessoas sem poderes. Eu achei a ideia muito interessante. Enquanto estamos habituados a ver a vida dos heróis salvando o mundo, essa série nos trará a vida das pessoas comuns que precisam conviver com super-heróis agindo sobre suas cabeças o dia todo. A comédia parece ser o foco principal de Powerless, novamente diferenciando de todas as demais produções da DC.

Lembrando que teremos ainda o retorno de The Walking Dead, com uma segunda metade de temporada que será diferente de tudo já visto até agora na série, como afirmam os produtores. Eu realmente espero que seja muito mais focada na política dos sobreviventes, com pelo menos o começo da guerra total, com a formação da aliança entre Alexandria, Hilltop e o Reino contra os Salvadores.

Game of Thrones também retornará. Apesar de eu não acompanhar desde o final da quarta temporada eu tenho ideia do que está acontecendo. Ah, e os fãs dos livros já estão perdendo seu poder sobre o spoiler, afinal a série ultrapassou a história contada nos livros e essas novas temporadas contarão histórias criadas diretamente para a produção, mas claro que com a ajuda do escritor da saga George R. R. Martin. Atenção aos próximos episódios, porque a série caminha para seu fim.

Outra série que pode fazer um retorno triunfal esse ano é Stranger Things. A primeira temporada foi lançada sem grande alarde, ficando despercebida pelo grande público por alguns dias até todo mundo assistir e perceber que é incrível. O que teremos a seguir? Uma jornada pelo Mundo Invertido, talvez e eu espero que seja isso. O elenco inteiro da primeira temporada está confirmado e ainda há a adição de novos atores.

Neil Gaiman é um autor consagrado por obras como Sandman e Deuses Americanos, sendo esta última a próxima adaptação do canal americano Starz. O livro apresenta um mundo onde temos deuses mitológicos "clássicos" no mundo moderno e em confronto ou convivência com os novos deuses, que nada mais são que as novas adorações humanos, como a internet, drogas e fast food. O primeiro trailer foi exibido na Comic Con 2016, o que já deu mais esperança, afinal já faz um bom tempo que anunciam um filme ou série da obra.

Esse post está um tanto atrasado quanto a isso, porque já está entre nós a quarta temporada (e talvez última?) de Sherlock, uma de minhas séries favoritas. Já assisti os dois episódios lançados e ambos possuem grandes revelações e reviravoltas. Próximo domingo teremos o terceiro episódio, que encerará a temporada. Eu estou com a expectativa muito alta, afinal promete muita coisa (infelizmente não vou explicar mais porque são spoilers bem grandões).

Daqui a alguns dias teremos Desventuras em Série estreando na Netflix. A história, baseada em uma série enorme de livros, segue as desventuras de três irmãos que acabam de ficar órfãos e passam por diversos tutores enquanto são perseguidos pelo Conde Olaf, um de seus tutores que deseja ficar com toda a grande herança que as crianças receberam. Se quiser ter um gosto do estilo da série, há um filme com o Jim Carrey que eu pessoalmente acho muito bom.

Eu fiquei muito surpreso com o trailer de Emerald City, que é uma versão reimaginada do Mágico de Oz. O visual é magnífico e me lembra uma mistura do filme das Crônicas de Nárnia com Game of Thrones. Tem fantasia, magos, bruxas, gigantes, e mais, bem, tudo isso vendo apenas o trailer. Espero que toda essa empolgação que me deu não desapareça quando eu começar a ver.





Então, é isso. Deve haver mais produções que esqueci de colocar aqui e com certeza teremos novos anúncios no decorrer do ano. Comente qual desses filmes e séries você mais espera!

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário