;

domingo, 17 de abril de 2016

Lista de armas e itens do Universo Marvel - Tecnologias, Parte 1

Essa é uma pequena lista com alguns dos itens especiais encontrados no Universo Marvel.
A categoria "Tecnologia" mostra coisas criadas por cientistas usando conceitos que podem ser explicados cientificamente (dentro do mundo dos quadrinhos, é claro).

Escudo do Capitão América
Durante a Segunda Guerra Mundial os Estados Unidos queriam criar uma arma diferente de tudo que já havia sido feito para lhes dar uma vantagem no confronto. O doutor Myron MacLain ficou responsável por isso. Mesmo com seus vastos conhecimentos em metalurgia, MacLain não conseguia sair do zero. Ele até conseguiu uma amostra de vibranium, mas não conseguia misturá-lo com outros metais de jeito nenhum. Após dias sem descansar ele foi atingido pela exaustão e dormiu no meio do trabalho. Enquanto ele dormia uma reação aconteceu e o vibranium se ligou com um metal desconhecido, formando a liga metálica mais poderosa que existe. Como ninguém acompanhou o processo ele jamais foi descoberto ou repetido novamente, tornando o escudo uma peça única. Bem, graças a essa liga o escudo é capaz de absorver todo o tipo de impacto e graças a essa absorção ele é inquebrável (embora ele já tenha quebrado em algumas histórias). E escudo foi estilizado como marca do patriotismo americano e dado ao Capitão América, tornando-se seu símbolo.


Armaduras do Homem de Ferro
Existem muitas versões de armaduras, por isso pretendo fazer uma postagem só sobre elas mais tarde. Por isso vou falar no geral. As armaduras cobrem todo o corpo do usuário com ligas de metais resistentes, como titânio, e isolantes térmicos, químicos e radioativos, protegendo-o de qualquer dano externo (seja altas temperaturas, radiação nociva, armas químicas, impactos, etc.), mas isso não é tudo. Ela é equipada com tecnologia de ponta e possui os mais diversos equipamentos. Partes da armadura se desdobram ou abrem para mostrar canhões, metralhadoras, disparadores de laser, raios ou munição não-letal, explosivos, mísseis, e tudo mais. Repulsores nas mãos e nos pés lhe permitem voar. Tudo isso, é claro, dependendo da versão, afinal algumas dessas armas podem sumir ou se tornarem mais avançadas conforme Tony faz melhorias nas armaduras. Elas ainda podem ser adaptadas para enfrentar inimigos específicos, como a armadura Hulkbuster feita para enfrentar o Hulk.



Disparadores de teia
Assim que começou a se preparar para ser um herói, Peter Parker usou o seu grande conhecimento científico e construiu um par de braceletes disparadores de um fluido, que ele também desenvolveu, muito similar aos que as aranhas produzem. Esses disparadores ficam em seus pulsos e possuem uma extensão até as palmas das mãos, onde há um botão. Ao pressionar esse botão com os dedos médio e anelar ele consegue disparar o fluido. Ah, o botão precisa de um tipo de pressão especial para disparar teia. Peter bolou isso para evitar que a teia fosse disparada sempre que segurasse algo ou desse um aperto de mão, por exemplo. O fluido disparado sai em uma pressão bem grande e pode atingir até dois quilômetros de distância (portanto essa é a extensão máxima da teia) e solidifica quando entra em contato com o ar, virando algo parecido com uma corda cheia de fibras. A teia aguenta quase 60 quilos por milímetro de seção transversal, ou seja, deve suportar pelo menos uma tonelada e meia, eu estimo, o que é aproximadamente o peso de um carro comum. Vale lembrar que o fluido fica em pequenos cartuchos que precisam ser trocados conforme vão acabando.


Braceletes da Viúva Negra
A Viúva Negra usou algo parecido no passado, mas a versão que conhecemos foi fornecida pela S.H.I.E.L.D.. Como o nome diz, é um bracelete. Ele é carregado com vários equipamentos que recebem nomes: possui o Beijo da Viúva, que dispara um gás capaz de nocautear qualquer um que respira-lo; o Ferrão da Viúva, um disparador de pequenos dispositivos que aplicam uma descarga de energia eletrostática, capazes de paralisar qualquer um; o Fio da Viúva, algo bem parecido com os disparadores de teia do Homem-Aranha, com as mesmas funções; além de outros equipamentos, como transmissores, GPS, porta munições e explosivos. Em algumas versões eles disparam como se fossem armas de fogo.


Arco, aljava e flechas do Gavião Arqueiro
Começando pelo arco, ele não possui nada de especial, apenas um sistema de mira com visor e apontador laser, mas isso qualquer arco (bem caro) pode ter. Isso mostra que o sucesso do Gavião vem de sua habilidade mesmo. Sua aljava é o segredo para seu jeito de lutar. Antes, falando das flechas, elas são exatamente iguais, com exceção da ponta. As flechas ficam guardadas na aljava em compartimentos muito bem planejados e o Gavião Arqueiro é capaz de controlar, com um dispositivo eletrônico no seu arco, que tipo de ponta ele quer. Com isso a aljava e seus dispositivos eletromecânicos escolhem a ponta e a encaixam no cabo, destacando-a para fora para que o Gavião as pegue. E são vários tipos de pontas, que definem a função da flecha. Alguns exemplos de flechas têm: gases com vários efeitos, emissor de som atordoante, emissor de luz cegante, bomba de ácido,  ganchos com cordas, disparadores de redes para captura, balão com substância pegajosa, entre muitas outras.


Traje do Homem-Formiga
Construído por Hank Pym como uma máquina para aplicar o efeito das partículas Pym em si mesmo com segurança, afinal usar as partículas a esmo podem tornar o usuário tão pequeno que deixa de existir, ou torna o processo irreversível. Usando essa roupa e ativando seu dispositivo Hank é capaz de encolher até o tamanho de um inseto. Além disso, há ainda o capacete projetado para controlar o efeito das partículas. Hank Pym usou uma inovadora tecnologia que ele mesmo criou nesse capacete, lhe permitindo emitir um tipo de onda mental semelhante ao usado pelas formigas para comunicação. Por isso, Hank é capaz de se comunicar com formigas usando o capacete.


Traje da Vespa
Também feito por Hank Pym, mas dessa vez para sua esposa, Janet (a Vespa). Utiliza o mesmo princípio de encolhimento a partir das partículas Pym. Esse traje foi equipado com duas tecnologias que o do Homem-Formiga não tem: primeiro, ele é capaz de disparar pequenas descargas elétricas que podem até nocautear quem for atingido, são como os ferrões da Vespa. E em segundo, há um espaço específico nas costas para que as asas biossintéticas de Janet (que foram implantadas nela por seu marido) fiquem para fora do traje sem nenhum impedimento.


Uniforme do Pantera Negra
Como parte da tradição em Wakanda, o uniforme de Pantera Negra é passado de pai para filho na sucessão real. Ele é feito de um tecido trançado com microfibras de vibranium, o que lhe concede a flexibilidade de um tecido comum com a resistência do vibranium, que é uma defesa quase absoluta, afinal o metal é capaz de absorver impactos, sendo capaz de evitar cortes ou perfurações com lâminas, para balas disparadas diretamente e também absorve golpes físicos. Essa energia absorvida pode ser canalizada para outras partes do corpo, como os punhos (para dar socos mais fortes) ou os pés (permitindo saltos altos e distantes). As garras são feitas de um tipo especial de vibranium, chamado de anti-metal, que é capaz de rasgar qualquer outro metal em nível molecular, por isso é capaz de cortar praticamente tudo.


Dispositivo de Voo do Falcão
O Pantera Negra, a pedido do Capitão América, fez para Sam Wilson (o Falcão) um dispositivo de voo composto por uma mochila com propulsores e um par de asas, tudo blindado com vibranium.  As asas são revestidas com isolantes térmicos e são bem articuladas, se adequando a qualquer tipo de movimento do braço de Sam. Também possuem células solares bem eficientes, por isso enquanto o Falcão voa com as asas abertas ele está sempre absorvendo energia solar e convertendo em energia elétrica para alimentar seu sistema. Além disso o equipamento vem com um visor especial equipado com visão infravermelha, noturna e de longo alcance.

Teleportador do Deadpool
Em algumas histórias Deadpool aparecia usando um teleportador no pulso que ninguém sabe quando, como e onde ele conseguiu. Ele usava para lutar e ganhar vantagem sobre os inimigos, mas justamente por tornar as coisas fáceis demais que ele parou de usar o aparelho.



 _ _ _ _ _

Na próxima parte eu vou dar um tempo nas tecnologias e pular para itens místicos. Aguarde!

Até a próxima postagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário