;

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Os tipos de Alquimia em Fullmetal Alchemist

Essa postagem foi sugerida por um leitor na página do Facebook!
Sim, eu sei que os poderes apresentados em Fullmetal Alchemist se resumem em Alquimia. Então, para quê essa postagem?
Bem, existem formas diferentes da Alquimia, não é? O objetivo dessa postagem é mostrar os tipos únicos ou diferentes de alquimia que nos foram mostrados, que geralmente eram habilidades especiais de determinados personagens. Caso eu tenha esquecido algum me avisem nos comentários!

Comecemos pela alquimia comum. Ela é realizada em três fases: compreensão, desconstrução e reconstrução. Na primeira fase deve-se entender a constituição do que vai ser transmutado, na segunda deve-se desfazer toda a estrutura molecular, e na terceira deve-se usar a estrutura desfeita para construir uma nova. Dessa forma é possível transformar uma coisa em outra. É o tipo de alquimia mais usado.


Scar, o ishvaliano, usa sua alquimia até a segunda fase. Ou seja, ele apenas compreende e destrói. Por isso ele é capaz de fazer tudo que toca explodir e se desfazer em centenas de pedacinhos, até mesmo partes do corpo humano.


Roy Mustang ganhou a alcunha de Alquimista das Chamas por conta de sua alquimia diferenciada. Ele é capaz de controlar oxigênio e usa luvas especiais para gerar faíscas que geram uma ignição. Esta, por sua vez, gera chamas que Roy pode controlar facilmente e direcioná-las para onde quiser. Ah, vale lembrar que o oxigênio não é um gás inflamável, ele apenas acelera o processo de combustão alimentando as chamas e podendo gerar até mesmo explosões a partir de pequenas faíscas, que é o que Roy faz.


Logo no começo da série nós somos apresentados a Isaac McDougal, o Alquimista de Gelo. Ele usa uma alquimia baseada no controle de líquidos, principalmente a água. Usando qualquer fonte de água, como um pequeno cantil, ele era capaz de grandes coisas, como dar trabalho a todo o exército de Amestris. Seu controle sobre a água se expandia também para outro estado físico, o sólido, ou seja, McDougal também manipulava gelo. O mesmo para o estado gasoso, o vapor. Ele chega até a dominar seu próprio sangue! Com o controle da água ou do sangue ele podia criar formas como lanças e espadas ou dispará-los em rajadas tão precisas que podem perfurar ou cortar madeira e rochas.


Solf J. Kimblee usava dois símbolos diferentes, um em cada palma de sua mão. Quando ele juntava as mãos e os símbolos se tocavam eles formavam um círculo de transmutação que lhe permitia usar sua alquimia única. Assim que o círculo de transmutação se formasse ele era capaz de carregar com energia explosiva tudo o que tocasse. Dessa forma ela convertia qualquer outro elemento em um explosivo. Nos períodos em que tinha uma pedra filosofal Kimblee podia causar explosões imensas e devastadoras.


Basque Grant usava uma forma de alquimia única muito interessante. Para isso ele mantinha duas manoplas de ferro com diversos símbolos alquímicos e seu círculo de transmutação. Basque Grant era capaz de transmutar imensas estruturas feitas de ferro, como grandes paredes ou grades, e outras ferramentas, como correntes. Era capaz de transformar prédios inteiros em fortificações de ferro indestrutíveis. Mas talvez destaque-se mais pela habilidade de, além de tudo aquilo, criar armas de fogo gigantescas, principalmente canhões, a partir de suas estruturas.


Embora tenha passado quase despercebido por muita gente um alquimista muito interessante foi Giolio Comanche. Em sua luta com Scar ele mostrou que suas mãos estão cheias de tatuagens, que são os símbolos alquímicos que necessita para sua forma especial. Isso é inteligente, afinal tatuagens não podem ser apagadas ou desfeitas. Enfim, Comanche conseguia criar armas também, mas diferente de Basque, ele criava apenas armas brancas, como espadas, shurikens (discos afiados de arremesso) ou correntes com lâminas nas pontas. E ele era habilidoso com todas essas armas.


A família Armstrong, como Alex Louis fez questão de dizer inúmeras vezes, passa entre suas gerações um tipo de alquimia que é combinada com golpes físicos para potencializar os ataques. Essa forma de alquimia torna o usuário fisicamente mais resistente e mais forte, tornando-o capaz de derrubar paredes com um simples soco. Além disso é possível erguer cargas muito pesadas e suportar uma grande quantidade de dano sem ser abatido. Alex usa os desenhos alquímicos em luvas de metal que estão sempre em seus punhos, já sua irmã Olivia os mantém em sua espada.


Não sei por vocês, mas acho que foram poucas, não? Bom, se eu esqueci algum tipo especial de alquimia basta comentar e eu corrigirei imediatamente!

Até a próxima postagem!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Muito foda o seu blog parabéns

    ResponderExcluir
  2. Alquimia da madeira, de uns irmãos q aparecem no anime

    ResponderExcluir