;

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

Mistérios de Shingeki no Kyojin: A origem dos Titãs, os titãs nas muralhas e o Titã Macaco

Atenção! O texto a seguir contém muitos spoilers para quem não lê o mangá!

Shingeki no Kyojin nunca deixou claro que tipo de evento levou à chegada dos titãs. A história começa e eles simplesmente estão lá. Por isso os fãs ficaram com a dúvida sobre a origem dos bichos e finalmente o mangá está abordando esse ponto, bem lentamente. Aos poucos o mistério vai se resolvendo e nós ficamos cada vez mais ansiosos!

Vou analisar nesta postagem o que já sabemos e levantar algumas informações. A maior parte das hipóteses eu deixo pra vocês, vou fazer apenas alguns comentários sobre o que eu acho!

Lá no começo do mangá nós poderíamos pensar numa boa que os titãs eram criaturas de uma espécie específica que fazia parte da natureza. Mas aí as coisas vão ficando mais estranhas. Primeiro surgem o Titã Colossal e o Titã Encouraçado para percebermos que nem todo titã é igual, que existem formas especiais.



Observando os titãs nós notamos algo óbvio: eles não têm genitálias. Portanto, eles não devem se reproduzir por meios comuns. Ou sequer se reproduzem. Então como há tantos titãs? Uma explicação plausível é a de que eles são criados por algo... ou alguém.
E então nos foi apresentado um poder bem misterioso: a Coordenada. Ela fornece três poderes incríveis: 
O usuário que a possuir ganha um controle absoluto sobre os titãs. Ele pode dar ordens a eles e as criaturas irão obedecer cegamente. É possível até fazer os titãs atacarem uns aos outros até a morte.
O segundo poder é a capacidade de apagar a memória de outras pessoas. Um usuário poderoso é capaz de apagar milhares de memórias ao mesmo tempo, como já foi feito. Alguns raças humanas são imunes a esse poder.
O terceiro poder permite a quem possui a Coordenada receber memórias. Essas memórias são retiradas de uma pessoa por meio de seu sangue (ao que parece) e podem ser transferidas para quem possui a coordenada usando uma aplicação de seringa. Ou do modo mais brutal, bebendo o fluido espinhal.

 
Para compreender melhor as coisas vamos precisar fazer uma varredura histórica. Lembrando que a contagem aqui é na data apresentada no mangá, ou seja, não tem nada a ver com as nossas datas, afinal não há nada que comprove que o sistema de medição de datas dele é igual ao nosso.


No ano 743 os titãs surgiram pela primeira vez. Já já falaremos mais sobre essa primeira origem. Não se tem muita informação sobre antes desse evento (como a tecnologia que a humanidade dispunha). Sabemos apenas que havia muitas raças humanas.
Quando os titãs surgiram a humanidade começou a ser dizimada por eles. Mas então surgiu um homem cujo nome ainda não foi revelado, ele é chamado apenas de Primeiro Rei (é claro, foi chamado assim depois de se tornar rei). O Primeiro Rei era capaz de se transformar em titã e tinha o poder da Coordenada.
Ele acreditava que a paz só seria alcançada em um mundo controlado pelos titãs. O motivo? É mais um mistério. Ele usou a Coordenada para obrigar alguns titãs a usarem seu poder de endurecimento. Eles então se tornaram as três grandes muralhas que serviram para proteger parte da população mundial. Isso explica os misteriosos titãs nas paredes!
Muitos acreditam que a humanidade fora das muralhas foi extinta, mas isso não é verdade. Pelo menos dois povos vivendo fora das muralhas são conhecidos e falarei sobre isso daqui a pouco.
Esse aqui é o Primeiro Rei
Continuando. Depois de salvar parte da humanidade dentro das muralhas o Primeiro Rei usou a Coordenada novamente e apagou a mente de toda a população. Porém algumas raças são imunes a esses poderes, como os chamados "asiáticos" e a família Ackerman. Os Ackerman, que antes eram guerreiros notáveis, começaram a ser exterminados pela monarquia estabelecida pelo Primeiro Rei. No fim, poucos restaram entre os Ackerman e os asiáticos. A monarquia que se formou comandando tudo dentro das muralhas teve continuidade com os descendentes do Primeiro Rei, a família Reiss.
Por todos os anos que se seguiram um ritual acontecia dentro da família Reiss. O herdeiro do trono, assim que se tornava rei e assumia o governo do reino dentro da muralha, recebia um combo direto em suas veias: ele ganhava a habilidade da Coordenada, a capacidade se transformar em um titã poderosíssimo (chamado Titã Original) e todas as memórias acumuladas pelo Primeiro Rei. Ou seja, o novo rei obtém todo o conhecimento sobre o mundo a humanidade antes dos titãs surgirem. É possível que ganhe ainda conhecimento sobre como os titãs surgiram. Mas nenhum soberano, depois de receber tudo isso, contou para seu povo a verdade. Por quê?
Acontece que junto com as memórias vem também a ideologia do Primeiro Rei, a de que os humanos alcançariam a paz submetendo-se ao poder dos titãs. Ou, como eu acredito, a verdade é assustadora demais e poderia levar a um caos nunca visto antes e que poderia culminar no fim da humanidade, ou algo parecido.
Enfim. Tudo continuava certo até que Grisha Jaeger surgiu. Em sua forma titã ele matou a governante e detentora dos poderes, Frida Reiss, e bebeu o fluído de sua medula, obtendo a Coordenada e as memórias para si. Somente quando o filho de Grisha, Eren, disse que desejava mais que tudo acabar com os titãs, Grisha percebeu que poderia confiar em seu filho para salvar a humanidade. Por isso ele passou os poderes para Eren.


Mas Eren não desenvolveu tudo muito bem. Bom, ele pode virar um titã, confere. E os poderes da coordenada? O primeiro ele possui, mas é bem fraco. Já vimos ele controlando titãs para brigarem entre si. O segundo ainda não foi mostrado. E o terceiro é o que mais nos intriga. Imagine se o Eren recebe as memórias do mundo, ele poderia entender tudo e consequentemente nós entenderíamos também. Mas ao que parece esse poder só funciona bem com gente de dentro da família Reiss, herdeiros do Primeiro Rei. Por isso Eren tem apenas lapsos de memória e relembra de pequenas coisas com o passar do tempo.

Como eu escrevi ali em cima irei falar agora sobre os povos de fura da muralha. Conhecemos dois povos: um com o nome desconhecido e o que vive em um lugar chamado Homeland.
Do povo desconhecido conhecemos apenas Ymir. Ela conta que seu povo a expulsou, por um motivo que ainda não sabemos, e ela vagou por 60 anos transformada em um titã irracional.
Já sobre Homeland conhecemos apenas alguns de seus habitantes. Três deles são pessoas que podem virar titãs: Riner (Titã Encouraçado), Bertolt (Titã Colossal) e Annie (Titã Fêmea). E tem ainda um sujeito que vou tratar daqui a pouco, porque ele é especial.
Esse trio foi mandado para dentro das muralhas com uma missão. Nós só temos visões superficiais do que seriam essas missões, e pra variar, não temos certeza de nada. Aparentemente o objetivo era destruir as muralhas e obter o poder da Coordenada.
Mas por que eles estão atrás da Coordenada? Também querem salvar a humanidade?


Provavelmente a peça chave para a origem dos titãs e tudo mais está em um ser, o tal sujeito especial: Zeke. Ou talvez você o conheça por outros nomes, como Titã Fera ou Titã Macaco. Na primeira vez que esse titã apareceu ele mostrou duas capacidades novas e assustadoras: primeiro, ele podia falar; segundo, ele comandava os outros titãs e estes o obedeciam. Isso porque ele mantém sua mente quando se transforma. Ele é natural de Homeland e está sendo perseguido pelos conterrâneos, ao que parece.
Esse é o Zeke
Curiosamente, em sua primeira aparição, Zeke parecia desconhecer a tecnologia dos dispositivos de manobra 3D. Arrisco dizer que ele tem pouco conhecimento sobre o mundo dentro das muralhas e é uma pessoa muito velha.
No primeiro ataque organizado pelo Titã Macaco toda a população da vila Lagako desaparece. As casas tinha sido arrombadas pelos titãs, mas não havia sinais de que as pessoas tinham fugido ou sido devoradas. Quando Connie Springer, nasceu na vila, começa a desconfiar que um dos titãs que estavam lá se parecia com sua mãe, Ymir e Reiner tratam de desencorajá-lo logo. Estranho, não? Justo os dois que sabiam que humanos podem virar titãs. Com certeza eles estavam querendo esconder algo.
Mais tarde foi feita uma pesquisa que concluiu que, de alguma forma desconhecida, os habitantes de Lagako tinham sido transformados em titãs.
Bem mais tarde, Zeke derrota Reiner (chegando a quebrar sua couraça), provando que seu poder é muito maior do que podemos imaginar. Ele diz para Bertolt e Reiner que a prioridade deles (Zeke usa a palavra "nossa", como se estivessem em conjunto) era encontrar a Coordenada. E então ficamos sabendo, por meio de flashbacks, que Zeke lidera Reiner, Bertolt e Annie em alguma missão secreta. 

É interessante uma frase de Zeke em um diálogo entre eles. Zeke desconfia que Reiner não está inteiramente dedicado a causa que eles defendem e então diz que, se isso for verdade, era melhor ele "dar a armadura para outro guerreiro". Como vimos anteriormente, Rod Reiss tinha uma bolsa cheia de frascos etiquetados com nomes como "Encouraçado". Rod era outra pessoa misteriosa, ele diz que "escolheu" um tipo de titã bem poderoso quando queria que sua filha herdasse a Coordenada. Eu acredito que seja possível que esses poderes especiais estejam meio que catalogados e identificados e podem ser aplicados à pessoas comuns.

E se Zeke é o homem por trás dos titãs? Afinal ele consegue se manter inteligente quando está transformado, uma possível forma mais avançada de titã. E ele pode controlar os titãs, algo parecido com o poder da Coordenada. O seu jeito de agir com os titãs é bem semelhante ao de um comandante (não só age como um comandante como Reiner o chama assim) e seu exército. E podemos ver que, em seu ataque nos capítulos mais recentes, seu exército de titãs se transformou a partir de algo. Isso indica que ele lidera humanos que se transformam em titãs. Zeke poderia ter vários fracos (ou qualquer coisa parecida) contendo o que quer que transforme pessoas em titãs. Ele usa isso para criar seu exército atrás de um objetivo que não conseguiu décadas atrás.



No seu grupo há ainda um Titã Quadrúpede, este parece ser o segundo exemplar (depois de Zeke, é claro), que consegue manter sua mente quando transformado e pode falar como um humano. Então é possível que haja uma forma de manter a inteligência, isso não é apenas um acaso.



Juntando tudo isso vamos pensar em alguns pontos.
A ideia que TODOS os titãs são pessoas é bem forte. Todos sabem que o ponto fraco dos titãs é a nuca, e onde ficam os humanos que se transformam em titãs? Na nuca. Ou seja, o ataque fatal para os titãs é direto no seu manipulador humano.
E de onde vieram tantos humanos se a humanidade está quase extinta? Vejam Ymir, ela ficou 60 anos transformada em titã, mas sua forma humana continua jovem como uma moça de 20 anos. Então podemos imaginar que as pessoas não envelhecem ou envelhecem muito pouco quando estão transformadas. Se isso estiver certo os titãs que vemos agora podem ser os mesmos de anos atrás, quando eles surgiram pela primeira vez.

Então vem o ponto em que fico mais confuso. Além de pegar a Coordenada Zeke diz que precisa "colocar um basta nesta maldita história". Será que ele quer destruir os titãs? Ele estaria usando os titãs porque esse é o melhor método para obter a coordenada e só assim destruí-los. Mas, se ele pode controlar os titãs, para quê quer o poder? Estranho, não?







Vou transformar todas essas informações em um só texto explicando como eu acho que foi a origem dos titãs e qual a relação disso tudo com a coordenada e o papel de Zeke, mas acho que já me estendi demais por aqui. Fica pra próxima. Até lá tenho um tempo para reler os capítulos e melhorar minhas hipóteses. 

ATUALIZAÇÃO!
Optei por guardar as ideias antigas, caso algo mude, então não vou alterar o texto aaqui, vou apenas adicionar as novas informações. Os capítulos 86 e 87 trouxeram novas revelações!
 
A origem dos titãs ainda é um mistério, mas foram mostradas algumas histórias contada para explicar.
Segundo lendas, o primeiro titã foi Ymir Fritz, que teria feito um tipo de acordo com um Demônio da Terra 1820 anos atrás. Ela ganhou o poder de virar titã e com isso ajudou seu povo construindo coisas como estradas e edifícios. Quando ela morreu sua alma e seu poder foram divididos e mais titãs surgiram, e estes foram responsáveis por começar uma campanha de dominação de outras regiões, depondo os antigos governantes e começando o reino dos Eldia. O reino era liderado pela família Fritz, que havia herdado o poder de Titã Progenitor (provavelmente o que chamamos até agora de Coordenada).
Algum tempo depois uma guerra civil começou e os antigos governantes, os marlenianos, conseguiram retomar o poder adquirindo o poder dos titãs. O rei eldiano da família Fritz escolheu  não lutar e fugiu para uma ilha chamada Paradis, onde usou seu controle sobre os titãs para erguerem as três muralhas que conhecemos.
Apesar de sabermos que são lendas é bem provável que a história seja verdadeira, pelo menos grande parte dela. Só achei bem bizarro a origem como sendo um pacto com um demônio, me parece uma desculpa muito esfarrapada pra explicar uma origem.  
 

Seria legal se vocês comentassem aqui suas ideias, podem contribuir para a formação do texto!

Até a próxima postagem!
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. nossa,a teoria de que o ponto fraco fica na nuca é de que os humanos ficam era minha kkkk,brinks,a gente tem algo em comum em kkk

    ResponderExcluir
  2. Sabe cara achei sua hipótese bastante interessante pelo que vejo acho que concordo com você.Poderia me responder qual foi o ultimo Herdeiro do trono ?

    ResponderExcluir