;

domingo, 13 de dezembro de 2015

Quais são e onde estão as Joias do Infinito nos filmes da Marvel?


Joias do Infinito, também chamadas de Gemas do Infinito ou Pedras do Infinito, são seis artefatos de imenso poder que estão espalhados por todo o Universo Marvel.
Foram de crucial importância nos quadrinhos para que Thanos se tornasse o maior desafio a bater de frente com os heróis da Terra, principalmente os Vingadores.

E agora possuem o mesmo objetivo, porém nos filmes que compõem o Universo Cinematográfico Marvel. Lembrando que as joias que falarei aqui são apenas aquelas que aparecem nos filmes, vou tentar o máximo possível não comparar com os quadrinhos, afinal esse não é o objetivo dessa postagem.



A JOIA DO ESPAÇO

Foi a primeira a ser introduzida nos filmes. Ela é, na verdade, o Tesseract, mostrado pela primeira vez no filme Capitão América: O Primeiro Vingador. Acontece que o Tesseract é um tipo de contenção que mantém a Joia do Espaço e todo seu poder confinado.
Esteve em poder de Odin em Asgard por centenas de anos, mas não se sabe como ele o conseguiu e como o perdeu anos depois. Em março de 1942 o Tesseract estava em posse de um sujeito numa igreja em Tonsberg, na Noruega, quando foi pego pelo Caveira Vermelha. Por muito tempo ele ficou em poder da Hidra, até ir parar no oceano, ser achado pela SHIELD e permanecer com a organização por décadas. Logo no começo de Os Vingadores Loki aparece e rouba o Tesseract, usando-o mais tarde para abrir um portal no espaço e permitir a vinda dos chitauri. Depois que ele é derrotado o Tesseract é levado de volta para Asgard por Thor e é trancafiado em um cofre, onde permanece até então.


PODERES:
A Joia do Espaço concede um domínio infinito sobre o espaço. Faz com que o seu possuidor possa abrir portais para qualquer lugar, podendo se mover pelo universo instantaneamente e dessa forma causar a impressão de que está em todos os lugares ao mesmo tempo, quase uma onipresença.

A Joia da Mente


Essa joia foi obtida por Thanos em algum momento da história. Ele construiu um cetro e abrigou a joia dentro dele, depois o deu a Loki para que este o ajudasse a invadir a Terra. Loki o usou por um bom tempo, até ser derrotado e a SHIELD pegá-lo.
Como visto em Capitão América: O Soldado Invernal, a HYDRA se infiltrou na SHIELD e desmontou toda a organização. Com isso o cetro passou para o cientista da Hydra, Barão Stucker. Por muito tempo ele foi usado em experiências conduzidas por Stucker até que finalmente foi recuperado pelos Vingadores no começo de Vingadores: Era de Ultron. Novamente o cetro não ficou muito tempo com os Vingadores, pois Ultron o pegou e foi o primeiro a tirar a joia do cetro, revelando-a.
A joia é usada para dar vida ao Visão, sendo depositada em sua testa, onde permanece até então.


PODERES:
A influência da joia torna o seu possuidor muito mais inteligente e capacitado. Ela consegue penetrar na mente de qualquer ser e controlá-lo, deixando-o sob a vontade do possuidor da joia.


A Joia da Realidade

Aparece pela primeira vez em Thor: O Mundo Sombrio onde é chamada de Éter. Não aparece como uma pedra, mas como uma substância viscosa sempre em suspensão no ar. Na visão que Thor tem em Vingadores: Era de Ultron vemos pela primeira vez o líquido virar a pedra. Esteve em poder de Malekith há milênios atrás, quando ele planejou usá-la para dominar os Nove Reinos. Até que ele foi derrotado e a joia ficou com Bor, pai de Odin. Devido a fraqueza que separava os Nove Reinos Jane Foster acaba encontrando o Éter e este a possui. Malekith consegue pegá-lo de volta, mas é derrotado e a joia vai parar nos cofres de Asgard.
No final de Thor: O Mundo Sombrio os asgardianos levam a joia até o Colecionador, pois era perigoso demais manter duas joias nos cofres de Asgard (lembrando que o Tesseract já estava lá).


PODERES:
Quando entra em contato com um hospedeiro resistente o Éter penetra em seu corpo e lhe dá capacidades que excedem a realidade, tornando-o praticamente um deus onipotente.


A Joia do Poder

Essa joia foi protegida por um invólucro redondo que ficou conhecido como Orbe. Foi apresentada e todo o seu desenrolar se deu em Guardiões da Galáxia.
Thanos enviou Ronan, o Acusador, para diversos planetas atrás do Orbe, que chegou a ficar nas mãos de Peter Quill por um breve período de tempo. Ronan o pegou e iniciou uma empreitada para usar aquele poder para destruir o planeta Xandar e matar Thanos, num ato de traição.
Após um grande confronto os Guardiões da Galáxia conseguem pegar a pedra e com suas forças unidas eles conseguem manipular a pedra, usando-a para derrotar Ronan.



PODERES:
Concede uma fonte de poder ilimitada e de níveis que excedem qualquer ser do universo. Basicamente aumenta os poderes e capacidades do portador ao nível supremo. O poder é tão grande que destrói o usuário se ele for fraco.
Não se sabe ao certo porque Peter Quill conseguiu usar o poder do Orbe, por isso especula-se que ele seja mais que um humano comum.


A JOIA DO TEMPO

Foi apresentada em Doutor Estranho. Essa é uma das joias com enredo mais misterioso. Depois de sua criação pelas entidades o próximo dono conhecido dessa joia foi citado como sendo Agamotto, o primeiro Mago Supremo da Terra. Ela foi guardada dentro do amuleto do mago, o Olho de Agamotto, e foi passado entre os demais magos supremos que se seguiram.  

Atualmente o Olho e a Joia encontram-se na biblioteca do Kamar-Taj, Nepal, guardados por Doutor Estranho e Wong.



PODERES:
O possuidor dessa joia é capaz de manipular todo o tempo, permitindo ao seu portador viajar para qualquer período do passado e futuro ou ainda enviar seus inimigos para outros períodos do tempo. Pode ainda prender seus alvos em loopings temporais, fazendo-os viver o mesmo período diversas vezes, como Doutor Estranho fez com Dormammu.


A JOIA DA ALMA

Também ainda não foi mostrada no Universo Cinematográfico. Provavelmente a veremos em Guardiões da Galáxia 2, e digo isso porque esta joia está muito ligada à Adam Warlock, personagem que pode fazer sua estreia nesse filme.

PODERES:
Permite ao portador manipular a alma de qualquer ser vivo ou ainda a alma de alguém que já morreu. Uma vez com a alma o usuário pode fazer o que quiser com ela, inclusive alterá-la completamente. Esses são os poderes nos quadrinhos, nos filmes podem haver ou não drásticas mudanças.


Gostou a postagem? Comente e compartilhe!

Até a próxima postagem! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário